EM MEMÓRIA DE UM GRANDE MESTRE: TAIJI KASE (1929-2004)


EM MEMÓRIA DE UM GRANDE MESTRE: TAIJI KASE (1929-2004)

 No passado 24 de Novembro de 2004, faleceu em Paris o Grão-Mestre de Karaté-Do Taiji Kase, aos 75 anos de idade. Todos nós estávamos cientes dos problemas de saúde do Sensei. Tudo começou quando em Maio de 1999 sofreu um enfarte e, após uns meses de recuperação, voltou às suas actividades. Posteriormente, a meados de Setembro de 2003, sofreu um sério problema infeccioso e de complicações que afectaram a sua medula espinal, a sua capacidade de movimento e, mais uma vez, o seu coração. No entanto, estava a melhorar e estável; de facto, pouco antes da sua morte estava a trabalhar num projecto com os seniores da sua organização, a “Shotokan Ryu Kase Ha Instructor Academy”. Mas o seu destino marcava outra coisa. A 19 de Novembro de 2004, O’Sensei teve um derrame cerebral. Fui levado para o hospital em estado de coma e internado na UCI (Unidade de Cuidados intensivos). Não se recuperou do coma e a sua situação agravou-se por sofrer complicações cardíacas. Cinco dias depois, a 24 de Novembro, Sensei Kase partiu para a sua última viagem, eram 17:25 horas.

No domingo 28 e na segunda-feira 29 de Novembro, os seus amigos e alunos realizaram uma última visita ao Sensei na sua casa em Paris.

O seu enterro e a incineração foram a 30 de Novembro no cemitério parisiense de Père Lachaise. Trezentas e cinquenta pessoas, familiares, alunos e amigos meditaram, rezaram e disseram adeus a um grande homem.

No passado dia 5 de Dezembro, a família de O’Sensei organizou um almoço em sua memória em Paris, ao qual assistiram cerca de 100 pessoas entre familiares, amigos e seus alunos mais chegados, dos mais antigos aos mais jovens.

Lamentavelmente, O’Sensei deixou-nos fisicamente, mas espiritualmente sempre estará connosco, incentivando-nos a darmos um pouco mais do que acreditemos ser capazes. A sua obra e a sua personalidade perdurarão naqueles que o seguiram com sinceridade e falarão dele com a mesma paixão que ele o fazia de seus Mestres e de todos aqueles que o impressionaram ao longo da sua vida.

Adeus Mestre! Mostrou-nos o caminho correcto que devemos percorrer. Quando tivermos dúvidas ou cairmos no desânimo, bastará recordar o seu exemplo para seguir adiante.

Os seus alunos, amigos e a direcção desta revista apresentam as suas mais sinceras condolências à família do Mestre. Descanse em paz.

BREVE BIOGRAFIA DE TAIJI KASE

Taiji Kase nasceu em Chiba, Japão, a 9 de Fevereiro de 1929 e faleceu em Paris a 24 de Novembro de 2004, com 75 anos de idade. Com apenas seis anos já praticava Judo, obtendo o 2º Dan em 1944. Nesse mesmo ano iniciou a sua prática de Karaté-Do no Shotokan-Dojo, com o Sensei Gichin Funakoshi. Mas também assistia às aulas de Karaté da Universidade de Senshu, sob a tutela de instrutores como: Yoshitaka, Hironishi, Kamata, Okuyama, Hayashi, Uemura, Kubota, entre outros. Em Março de 1945, com apenas 16 anos, alistou-se na Armada, no Corpo Especial de Kamikazes. Entretanto, a guerra acabaria em Agosto desse mesmo ano; antes de lhe chegar a vez de entrar em acção.

Finalizada a guerra, o Shotokan-Dojo ficou em ruínas, pelo que ele reiniciou a sua prática de Judo, até que Gichin Funakoshi juntou de novo o grupo da Shotokan. Em 1946 obteve o Shodan de Karaté-Do e em 1949 o Sandan, chegando a ser o capitão da sua universidade, a Senshu, onde também se graduou em Ciências Económicas em 1951. Uniu-se à JKA (Japan Karate Association) para ser profissional, mas sempre se manteve ligado à NKS (Nihon Karaté-Do Shotokai). Devido à sua valia técnica e espírito combativo, chegou a ser o instrutor de Kumite dos instrutores da JKA, entre os quais se encontravam Enoeda, Ochi e Shirai. Em 1964, partiu do Japão como embaixador do Karaté JKA, para dar aulas em inúmeros países, até que em 1967 chegou à França e se instalou definitivamente em Paris, tornando-se no Instrutor Chefe da JKA na Europa.

Os Karatecas da época ficaram fascinados com os seus Ushiro Geri e Kaiten Geri, as suas técnicas de mão aberta, os seus rápidos e exactos deslocamentos, os seus Kamaes e os oyo-bunkai, outra das suas especialidades. Mas, de uma forma geral, o que mais nos impressionava era a sua naturalidade, a sua eficácia e a maneira como soube transmitir os aspectos mais subtis do Budo.

Em 2001 fundou a “Shotokan Ryu Kase Ha Instructor Academy”, com o objectivo de formar seus alunos e seguidores de todo o mundo e afiançar seu legado para a posteridade.

Sempre nos falava em três etapas na evolução do Karaté: a de Okinawa, a japonesa e a etapa de Yoshitaka. E apesar dele nunca o ter dito (por modéstia), os seus alunos e qualquer pessoa que tenha conhecido o seu Karaté, somarão mais uma etapa, a de Sensei Kase (Kase Ha). Mas, acima de tudo, Sensei Kase foi uma pessoa simples e carinhosa que irradiava uma grande categoria humana e um conhecimento insondável do Budo, que poucos poderão chegar a alcançar.

Dejar un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *